Já vamos começar com a primeira dica: nunca diga ou pense que você não tem criatividade. Colocar isso na cabeça cria uma barreira para que você coloque em prática tudo aquilo que pode te ajudar a ter ideias com mais facilidade e ser ágil na solução de problemas do dia a dia. 

Criatividade é uma habilidade que qualquer um pode desenvolver, com treinamento e muita observação. Se você já escutou que ‘ser criativo não é um dom, é exercício’, leve consigo essa mensagem. 

Agora, veja como exercitar o cérebro para ser mais criativo diariamente, desde o período da manhã até o final da jornada de trabalho e/ou estudos. A primeira dica já foi apresentada no início, então começaremos com a segunda e seguiremos até a décima! 

2ª dica: Inspire-se com boas fontes de referência
Conversar com as pessoas e pedir indicações sobre assuntos diversos, já é um bom começo para ampliar o repertório, mas procure ir além, encontrando novas fontes de informação, novos programas, ferramentas e passeios. As descobertas tornam os dias mais interessantes e contribuem para que ideias borbulhem na cabeça. 

3ª dica: Saia de sua zona de conforto
Descobrir tem a ver com sair da zona de conforto e quebrar a rotina. Quando nos permitimos conhecer novos lugares, conversar com pessoas de fora de nosso círculo social e abandonar pensamentos coletivos, questionando-nos sobre tudo, diversificamos as nossas experiências e ampliamos o nosso pensamento, o que nos ajuda a ter ideias inovadoras com mais facilidade. 

4ª dica: Pratique a observação analítica  
Dê valor às coisas pequenas e aos momentos simples. Interessar-se e estar sempre atento ao mundo ao redor é uma ótima maneira de estimular o pensamento e dar vida a novas ideias. A própria natureza é uma fonte de inspiração! 

5ª dica: Seja pró-ativo
Se vir alguém precisando de ajuda, se ofereça. Se te convidam para uma festa ou viagem, pense em como colaborar de alguma maneira. Pense em uma solução para um problema recorrente em sua empresa. Se tem uma ideia, corra atrás para colocá-la em prática. Não espere que alguém te diga o que (e como fazer), apenas faça. 

6ª dica: Anote qualquer insight
Nunca deixe para depois o insight que você teve agora. Pensou em algo? Coloque no papel ou em qualquer bloco de notas que você possa consultar com frequência e desenvolver suas ideias. Muitas vezes, bons insights ou aqueles que com mais um pouco de reflexão poderiam chegar a ótimas ideias deixam de se concretizar porque foram esquecidos. Por isso, não ignore aquilo que achar interessante. Registre!

7ª dica: Persista até ter ideias
A repetição nos torna melhores em qualquer coisa, até mesmo em ter ideias. Por isso, busque o máximo de referências sobre assuntos de interesse, converse com especialistas e pratique a conversa sobre temas específicos. O conhecimento também é aliado da criatividade, como já revelou a terceira dica.  

8ª dica: Conte suas ideias
E esteja aberto para ouvir outras opiniões! Às vezes, estamos tão fixamos em uma ideia que acabamos não enxergando o que pode estar errado. Por isso, compartilhar ideias com os amigos e pessoas próximas pode abrir a mente e agregar detalhes que passaram despercebidos. Ao saber ouvir, saiba também filtrar, construindo o novo em conjunto. 

9ª dica: Siga seus instintos 
O ‘Não’ é sempre uma possibilidade. Mas nunca deixe de acreditar em sua ideia na primeira resposta negativa que ouvir. Se você acredita no que está criando, procure ir além a partir das críticas que recebeu e revele-se confiante no que faz. A confiança é fator motivador para a criação. 

10ª dica: Dedique mais tempo para a diversão 
Faça pausas que são realmente pausas para o seu cérebro, pois as melhores ideias surgem quando menos esperamos (no banho ou caminhando com o cachorro, certo?!). Durante o trabalho, por exemplo, tome um cafezinho ou vá pessoalmente falar ‘oi’ para um colega. Organize suas tarefas de modo a não deixar a mente sobrecarregada. Alterne atividades mais simples, que permitam à mente vaguear, com outras mais complexas.

Pronto para colocar mais ideias no papel e, em seguida, concretizá-las? Se você deseja ser ainda mais criativo e rápido na solução de problemas, basta mudar ou incluir alguns hábitos em sua rotina, permitindo que a trindade coletiva do cérebro esteja em perfeita sintonia.