Especialistas defendem que, quando você é um bom propagador de ideias, você não só é capaz de contribuir com a promoção da organização em que atua, como se torna também um exemplo para outros profissionais da equipe. Tal capacidade é muito valorizada no mercado de trabalho e pessoas que a possuem são vistas como líderes ou potenciais líderes pelos membros de uma companhia.
 
Segundo Guy Kawasaki, um dos maiores especialistas mundiais nas áreas de tecnologia e marketing, o primeiro passo é construir conexões sociais a partir de pessoas que você já conhece e ir ampliando suas redes de contatos. A palavra que descreve a prática é Schmoozing, e aqui vão alguns pontos para dominá-la:
 
- Saia, caminhe pelo ambiente de trabalho, conheça outros departamentos e participe de feiras, convenções, seminários, conferências e eventos que reúnem profissionais de diversas áreas, conhecendo outras pessoas e descobrindo novos grupos de trabalho.

- Inicie conversas por meio de perguntas e mantenha-se atento ao que o seu interlocutor tem a dizer sobre um determinado assunto.

- Não fale apenas sobre trabalho. Em uma conversa, revele suas paixões e conecte-se às pessoas por meio de interesses em comum. Falar sobre o que gosta de fazer nas horas vagas é uma ótima forma de criar vínculos mais fortes no mundo dos negócios.

- Mantenha contato com aqueles que se revelaram pessoas interessantes. Poucas pessoas fazem isso, mas enviar um e-mail ou uma mensagem em até 24 horas depois de conhecer alguém é uma ótima forma de mostrar interesse. Permita também que as pessoas te procurem, deixando acessíveis seus contatos (número de celular e e-mail) em cartões de visita físicos e/ou online, por exemplo.

- Envie e-mails de forma eficaz, seja claro, simples e breve. Reenvie e-mails não respondidos como um lembrete e procure sempre responder dentro de 48 horas, indicando prontidão.
 
Com uma ampla rede de contatos construída, a segunda etapa é dominar a habilidade de falar em público. Confira algumas dicas:
 
- Desenvolva conteúdo de qualidade e trabalhe com mensagens coerentes para cada tipo de plateia.

- Evite o discurso de vendas, aquele de promoção individual e/ou da empresa e de críticas à concorrência.

- Concentre-se no entretenimento e na didática, contando histórias que apoiam a mensagem que quer passar, circulando pelo ambiente e olhando nos olhos de cada participante.

- Permita que as pessoas participem e amplie o diálogo. Ao escutar a fala de alguém, procure não parar no “eu concordo” e pense sempre em algo diferente a acrescentar.
 
E, para dar suporte a toda comunicação com pessoas, tenha como aliadas as mídias sociais. Lançando mão dos canais certos, é possível estender o alcance de seu discurso para milhares de pessoas. Para ter sucesso nessa estratégia, é preciso ter disciplina, manter-se ativo e atrair a atenção por meio de conteúdos interessantes, mensagens breves e comentários positivos em postagens de outras pessoas.
 
Dominar esses passos é uma arte, por isso, é preciso manter a prática e ir se aperfeiçoando. Para os profissionais da área de recrutamento e seleção do Grupo Malwee, a capacidade de mobilizar, mas, ao mesmo tempo, saber ouvir, reconhecer sugestões construtivas, ser íntegro, honesto e trabalhar com ética e transparência é essencial para aqueles que buscam trabalhar no setor. Afinal, a moda é essencialmente feita por pessoas e para pessoas.

Fonte: Harvard Business Review