Entre as quatro habilidades mais demandadas pela indústria da moda, está a visão de futuro, contribuindo com o processo de inovação do negócio e com o lançamento de tendências.  

Cada vez mais, candidatos com perfis inovadores, que misturam criatividade e orientação para resultado se destacam no mercado. A junção dessas aptidões reflete a proatividade e a disciplina do profissional para cumprir prazos e conquistar os melhores retornos. 

Você já parou para analisar a forma como age na busca e apresentação de novas ideias? Confira três sinais que ajudam a revelar um perfil inovador, segundo estudo realizado por Adam Grant, psicólogo americano. 

Caso você não se identifique com cada um dos sinais, absorva-os e veja como aplicá-los em seu dia a dia, favorecendo o desenvolvimento de sua carreira. Pois, ser criativo e ter ideias inovadoras, não é fácil, mas é algo que pode ser aperfeiçoado!

1. Perfis inovadores procrastinam na medida certa.

E, muitas vezes por isso, são vistos como aqueles que estão atrasados sempre. Ao contrário do que já deve ter escutado até então: “procrastinar pode ser um vício da produtividade, mas pode ser uma virtude para a criatividade”, segundo o psicólogo. É justamente no momento da procrastinação que os originais trabalham as suas ideias. Ainda segundo Grant, o mais importante é ter o equilíbrio: não ser uma pessoa ansiosa – que por entregar tudo o mais rápido possível não consegue liberar ideias inovadoras –, nem aquela que procrastina até o último minuto e não tem tempo para reflexão. 

2. Perfis inovadores são inquietos e cheios de dúvida. 

Quando têm dúvidas, ao invés de pararem de acreditar em si mesmos, os originais transformam a dúvida em algo energizante, mentalizando que os primeiros rascunhos são sempre ideias iniciais e ainda não chegaram aonde gostariam. Nesse caso, o psicólogo ainda apresentou que a diferença é grande entre a dúvida sobre si mesmo X a dúvida sobre a ideia. Questionar-se sobre a ideia pode, na verdade, contribuir para o desenvolvimento do seu projeto.

3. Perfis inovadores têm muitas ideias ruins. 

E, por esse motivo, são muitas vezes os que mais fracassam. Originais não têm medo de compartilhar ideias e acabam sendo aqueles que mais tentam até atingirem o sucesso. Conforme a matemática: quanto mais você produz, mais variedade você tem e, consequentemente, maiores as chances de conquistar um resultado inovador. 

Perfis inovadores não são tão diferentes dos outros, afinal: eles têm medos, dúvidas, procrastinam e têm ideias ruins. Mas, é o tentar que leva cada um deles ao sucesso.

“Ser original não é fácil, mas é a melhor maneira de mudar o mundo ao nosso redor”, finaliza Adam.