Escritório Sustentável

Saiba mais sobre o empreendimento do Grupo Malwee
que contribui com a sociedade e o meio ambiente.

O compromisso com a sustentabilidade faz parte da história do Grupo Malwee. Em Santa Catarina, a empresa mantém mais de cinco milhões de metros quadrados de áreas de preservação, com mais de trinta nascentes preservadas. A inovação em seus processos industriais possibilita reutilizar até 200 milhões de litros de água por ano e os projetos de loja também preveem o uso de materiais com menor impacto ambiental, sendo reciclados, recicláveis e/ou certificados.

Buscando ampliar ainda mais as suas iniciativas sustentáveis, toda a obra do novo escritório em São Paulo seguiu os critérios estabelecidos pelo padrão de certificação LEED para interiores de escritórios comerciais. Para promover este conceito o Grupo Malwee apresenta as medidas adotadas no escritório.

Conheça as ações adotadas pelo Grupo Malwee

O empreendimento no qual o escritório do Grupo Malwee se encontra possui vizinhança com alta concentração residencial e comercial. Em um raio de 800 metros existem mais de dez serviços básicos e a menos de 400 metros encontram-se três paradas de ônibus, por onde passam 26 linhas de transporte público, representando mais de 2.500 viagens por dia. Todas estas facilidades demonstram a sustentabilidade do local, visando a densidade do desenvolvimento local e proporcionando aos parceiros do Grupo Malwee conectividade com a comunidade e a opção de transportes alternativos, a exemplo do acesso ao transporte público.

Durante a construção do escritório implantou-se o Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil, em conformidade com a Resolução CONAMA n° 307, resultando na valorização e/ou reaproveitamento de 100% dos resíduos, evitando que estes fossem enviados para aterros. Atualmente, o escritório conta com o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), para a adequada gestão dos resíduos sólidos gerados diariamente, estimulando a redução da geração e a reciclagem dos materiais.

Eficiência hídrica

Redução do consumo de água do empreendimento em aproximadamente 38% somente por meio do uso de dispositivos economizadores de água potável como bacias com descarga de duplo fluxo e torneiras com restritor e dispersor.

Materiais regionais

Aquisição de aproximadamente 49% do total dos materiais empregados extraídos, processados e fabricados localmente, a menos de 800 quilômetros da obra, reduzindo as emissões de Dióxido de Carbono (CO2) na atmosfera.

Materiais com baixa emissão

Utilização de materiais como adesivos, selantes, tintas e vernizes com baixos índices de Compostos Orgânicos Voláteis (COV), garantindo melhor qualidade do ar nos espaços internos.

Eficiência energética

A maior parte da potência instalada de equipamentos no escritório do Grupo Malwee é proveniente de computadores, monitores, impressoras, entre outros.
O escritório atende a uma porcentagem de aproximadamente 84,97% em equipamentos com selo Energy Star.

Eficiência energética

A adoção de luminárias Led, sensores de presença e lâmpadas fluorescentes proporcionou uma redução demonstrada na Densidade de Potência de Iluminação (DPI) de 13,07% em relação à linha de base. Esse percentual significa uma menor razão entre o somatório da potência de lâmpadas e a área do ambiente. Com essas medidas, o escritório atendeu a todas as estratégias de projeto especificadas na norma americana ASHRAE Standard 90.1 (2007), norma voluntária que apresenta um padrão energético a ser seguido em edifícios.

Luminárias Led

As luminárias Led funcionam com uma matriz de Led que converte energia em luz, possuem 30 mil horas de duração e são 85% mais econômicas que as lâmpadas convencionais.

Sensores de presença

Para uma redução de energia foram instalados também sensores de presença na copa e nos banheiros do escritório.

Lâmpadas fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes tubulares proporcionam iluminação mais intensa que as comuns e quando comparadas às lâmpadas incandescentes, possuem maior vida útil e menor consumo de energia elétrica.

Gestão da qualidade do ar

Foram implantadas estratégias para estabelecer a proteção dos materiais e dos trabalhadores durante a construção, com o objetivo de garantir a saúde e segurança dos operários e a qualidade do ar interior do empreendimento durante a fase de operação, tais como: proteção de dutos de refrigeração, utilização de materiais absorventes, lixamento com aspiradores, limpeza e sinalização do local.