Você já deve ter parado para pensar sobre a origem de seus produtos, dos alimentos que você come, das roupas que veste… Se sim, isso é um bom sinal! E é reflexo de um movimento que ganha força e passa a fazer parte da rotina das pessoas: o consumo consciente. 

Mas, como tudo na vida, mudar os hábitos e adotar novas práticas leva tempo até que uma série de pontos em nosso dia a dia estejam alinhados, contribuindo com nossa completa adaptação.

Por isso, resolvemos juntar aqui cinco passos simples (mas essenciais!) para te ajudar a adotar um estilo cada vez mais sustentável! Confira: 

1. Coloque a necessidade em primeiro lugar

Todos temos desejos e somos dominados pelo estímulo visual. Mas antes de tomarmos qualquer decisão, é preciso pensar: “Eu preciso realmente comprar?”. Fazendo esse tipo de reflexão, você evita o famoso consumismo e entende a verdadeira razão de estar adquirindo um bem. 

2. Liste os momentos de uso

Mais um exercício de reflexão antes de adquirir um produto é enumerar e planejar os momentos em que você vai utilizá-lo. E isso vale muito para as roupas! Pense na flexibilidade de uma peça e se você poderá vesti-la em diversas situações. Nada melhor do que comprar algo que não ficará só ocupando espaço. 

3. Pesquise sobre o produto

Quando pesquisamos, as chances de acerto são maiores, tanto em termos de retorno do investimento, como em encontrar uma marca alinhada com boas práticas socioambientais. Busque referências sobre aquilo que precisa comprar, veja o que as pessoas falam sobre, qual a durabilidade do produto e se você compactua com os valores e práticas da empresa que o produz. Dar preferência às marcas responsáveis e transparentes é a melhor maneira de incentivar a sustentabilidade no mercado. 

4. Cuide bem do que é seu 

Após ter feito uma compra, procure manter seu produto seguro para poder usá-lo em todos os momentos listados anteriormente. Leia as instruções de uso, fique atento às etiquetas e, no caso das roupas, cuide na hora da lavagem, na hora de secar, passar e guardar. Já demos dicas de como cuidar melhor das suas peças aqui. O cuidado evita o descarte e o consumo excessivo! 

5. Planeje o pós-uso 

A gente sabe que nada dura para sempre. Por isso, é muito importante entender o que fazer com um bem depois que ele chegou ao final de seu ciclo de vida. Descartar na primeira lixeira não deve ser uma alternativa. No caso de móveis, roupas e eletrônicos, existem locais específicos para o descarte, basta uma busca online para descobrir o melhor destino para o seu produto. No caso de roupas e móveis velhos, além da doação a pessoas físicas e/ou jurídicas, é possível realizar a customização e dar vida nova aos produtos! 

Quando reciclamos e recuperamos fios, tecidos e peças que iriam para aterros, economizamos os recursos e reduzimos uma série de problemas ambientais. Pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes e outros tipos de lixo tóxico devem ser depositados em pontos de coleta e passar pela “logística reversa”, quando seus componentes são separados e destinados a empresas especializadas que promovem seu reuso. 

E por falar em moda consciente, essa semana todos os nossos produtos com pegada sustentável estão com 15% de desconto na loja virtual. Acesse aqui e tenha um estilo sustentável!

Comentários