Referência nacional em preservação ambiental, o Parque Malwee comemora 40 anos nesta quinta-feira, dia 27 de setembro. Para marcar a data, o Coletivo Ecoar de Jaraguá do Sul, em parceria com o Grupo Malwee e a Armalwee, promovem o 1º Festival Ecoar de Sustentabilidade no Parque Malwee.  O evento será no dia 30 de setembro (domingo), das 9h às 17h, em frente ao ginásio de esportes do parque. 

A programação prevê uma série de atividades como: feira de alimentos orgânicos e veganos de produtores locais; exposição de artesanato; oficinas e workshops; apresentações musicais e artísticas, rodas de conversa, yoga, meditação, pilates, atendimentos terapêuticos (quiropraxia, barra de access, reflexologia, reiki, quick massagem) e atividades infantis. 

Além da programação, o Grupo Malwee estará com um estande exclusivo para receber doações de roupas usadas em bom estado de conservação, brinquedos e alimentos não-perecíveis que serão destinados a famílias carentes de Jaraguá do Sul e região. 

O Coletivo Ecoar também terá um estande com diversos conteúdos, entre eles: banco de sementes, apego e moda sustentável, conscientização alimentar, economia doméstica, reutilização de materiais e destino correto do lixo doméstico.

O Festival Ecoar acontece ao ar livre e a entrada é gratuita. Para saber mais, acompanhe a página do evento nas redes sociais ou envie um email para festivalecoar@gmail.com

Parque Malwee: 40 anos conservando a natureza e a história 

Localizado em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, o Parque Malwee é um dos cartões postais de Santa Catarina e referência nacional em preservação ambiental. Idealizado e projetado pelo fundador do Grupo Malwee, Wolfgang Weege, o parque é a maior demonstração de compromisso da empresa com o meio ambiente e a comunidade. 

Considerado um dos maiores parques de área verde urbana do Brasil, o Parque Malwee possui uma área de 1,5 milhão de metros quadrados de área verde. São mais de 35 mil árvores, entre elas, espécies nativas da Mata Atlântica e espécies exóticas trazidas de outras partes do planeta; diversas espécies de aves e 16 lagoas.

Um espaço privilegiado que oferece diversas atrações para os visitantes como trilhas para corrida, caminhada e mountain bike, churrasqueiras, campos de futebol, ginásio de esportes, pedalinho, pista de bicicross e bons restaurantes de comida típica da região. 

Para quem aprecia cultura e a história, o parque apresenta o Museu Wolfgang Weege, que disponibiliza um acervo de duas mil peças em exposição, com o intuito de conservar e difundir, mediante pesquisas, as particularidades da vida cotidiana desde meados de 1850 até a atualidade. Criado em 1988, recebe o nome de seu fundador. 

O Parque Malwee recebe, por ano, uma média de 100 mil visitantes e permanece aberto diariamente ao público, das 7h30 às 17h30. A entrada é gratuita.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO FESTIVAL ECOAR 

Vivências
9h: Meditação, com Danusa Araújo Leier, da Inspire 
9h30: Aula de Yoga, com Sandra da Sandrananda 
14h: Dança Circular, com Marcia Meira, do DNA Sagrado 
16h: Aula de Pilates, com Stefanni Peracchi 

Rodas de Conversa 
Espaço 1
11h30: Bate-papo sobre Permacultura com Marcus Negri, da Horta Produções
12h30: Roda de conversa sobre “Químicas dos Descartáveis”, com Sara Casas
13h30: Espaço de fala sobre “Mobilidade Urbana e Energia Renovável”, com engenheiro Luiz Negri
14h30: Bate-papo “O Desapegar das Coisas”, com Carla Caetano
15h30: Roda de conversa sobre Moda Sustentável, com Ana Sasse e Grupo Malwee
            
Espaço 2
11h: Auto-Cura com nossa Natureza Universal: Sustentabilidade x Transtorno em Déficit de Natureza, com Gil Tessaro Wiikon
12h: Os Desafios da Mudança, com Imigrantes Haitianos
13h: Direitos de Todos os Animais, com Maria Alice da Silva
14h: Alimentação Consciente, com Lindolfo Junior
15h: O Momento Presente, com Instituto VortexPsi
16h: Colaborativismo e Economia Compartilhada com Coolworking de Jaraguá do Sul (SC)

Oficinas
11h: Bastão da Fala com Andréa Maffezzolli, do Ateliêr Terapêutico 
15h: Agricultura Urbana, com Marcus Negri da Horta Produções
16h30: Oficina de Maracatu, com Marco Antonio Jaguarito 

Comentários