Você já parou pra pesquisar quanta água é utilizada para produzir as roupas que você usa? Para ter uma ideia, uma única peça de calça jeans pode utilizar mais de 1.000 litros de água para ser produzida. Por isso, a gente não mede esforços para reduzir o consumo deste bem tão precioso (afinal, nossa responsabilidade com o meio ambiente é assunto muito sério!). 

Há décadas investimos em processos e técnicas que reduzem o consumo de água. Fomos os primeiros da América Latina, por exemplo, a instalar uma Estação Ecobiológica de Tratamento de Efluentes. Mas não paramos por aí!

Hoje, 25% de toda água que utilizamos para produzir roupas é reutilizada. Uma economia significante para nós e para o planeta! 

Dentro de toda a cadeia de produção de uma peça de roupa, o setor de tingimento é onde mais gastamos água. Por isso, com apoio da nossa equipe técnica, temos sido pioneiros em desenvolver técnicas que melhoram nosso desempenho. Já conseguimos, por exemplo, reduzir em 98% o uso de água no tingimento de cores neon e temos desenvolvido novas técnicas que vão permitir a redução na cor preta. 

Só este investimento pode gerar uma economia de 38 milhões de litros de água por ano. Quantidade que poderia abastecer mais de 1.700 casas com quatro pessoas durante um mês.  

E o que mais?

Lembra dos 1.000 litros que falamos para produzir uma calça jeans?  Nos próximos dias entra em funcionamento o LAB MALWEE JEANS, um projeto ousado de lavanderia 5.0 que vai permitir produzir uma calça jeans utilizando apenas 200ml de água. Ou seja, 1 copo de água. 

Esta tecnologia espanhola chegou ao Brasil e está sendo montada em nossa unidade matriz, em Jaraguá do Sul. O Grupo Malwee será a primeira empresa de moda brasileira a contar com este maquinário que também traz mais eficiência operacional e reduz processos manuais. Isso tudo sem alterar as características do produto final. Na verdade, é possível ainda aumentar as variações de acabamento e detalhes. 

“Hoje, uma peça de roupa produzida no Grupo Malwee já utiliza 25% menos água que qualquer peça semelhante do mercado. Nosso objetivo é ampliarmos ainda mais nossa capacidade de economia, diminuindo significativamente o impacto dos nossos produtos no meio ambiente”, explica o CEO do Grupo Malwee, Guilherme Weege.

Comentários