Como você avalia seu processo diário de escolha das roupas que vai vestir? Você se considera uma pessoa rápida ou ainda gostaria de decidir o que vestir com muito mais facilidade? 

Existem alguns truques para ficar cada vez mais ágil nessa atividade e encarar a escolha das roupas como algo prático e prazeroso. Afinal, para ser uma pessoa estilosa não é preciso ficar horas em frente ao guarda-roupa, mas saber o que funciona e qual a mensagem que quer passar em cada ocasião. 

Confira as dicas abaixo para escolher os looks do dia em pouco tempo e sair de casa confiante!

1. Mantenha seu guarda-roupa organizado

Separar as peças por cores, categorias e/ou ocasiões de uso (por exemplo: roupas de trabalho, academia, vestidos de festa etc.) facilita a identificação de possibilidades. Com todos os itens organizados e a maior parte dos acessórios à vista, fica mais fácil escolher o que vestir e fazer um bom uso de todas as peças adquiridas. Além disso, em um armário bem arrumado, nenhum objeto fica esquecido em um canto, juntando poeira. 

2. Entenda o seu tipo de corpo 

Se você consegue identificar qual o seu tipo de corpo, fica muito mais fácil saber o que fica bem em você e o que não fica na hora de comprar ou de escolher dentre as opções do armário. Quer saber qual a sua modelagem? Confira esse post.

3. Inspire-se

Para deixar as ideias fluírem e montar combinações cheias de estilo em pouco tempo, não deixe de buscar referências. Existem muitos sites com informações e imagens que ajudam a ampliar o repertório. Outra dica é seguir pessoas que têm estilos parecidos com o seu nas redes sociais. 

4. Foque na ocasião

Levar em conta o tipo de evento e o lugar onde você vai estar é importante para filtrar as opções e não errar no look, evitando passar o dia (ou a noite) desconfortável.

5. Exponha as roupas na cama 

Antes de vestir uma combinação inteira, coloque as peças que você quer usar com os acessórios em cima da cama e veja se eles combinam. É uma maneira muito visual e prática de saber o que vai funcionar com o quê, evitando o 'tira e põe' desnecessário.

6. Grave as combinações que deram certo

Gostou muito de uma composição? Registre suas criações e monte seu próprio catálogo de moda. Para os dias de dúvida, basta recorrer aos arquivos e lembrar-se do que já funcionou antes.  

7. Desapegue

Depois de descobrir o que você gosta e o que não gosta, o que valoriza o seu corpo e o que não valoriza, desfaça-se de tudo aquilo que não tem a ver com o seu estilo e que você sabe que nunca mais vai usar. Doe para alguém, dê para uma amiga, venda em um brechó. Alternativas não faltam e a gente já falou sobre elas aqui!  

Agora, você se sente uma pessoa prepara para escolher o que vestir em 3, 2, 1... ?!
 

Comentários