Como parte de nossas atividades, procuramos avançar as fronteiras de cada um com a moda para além do momento da compra e fortalecer a importância de um pós-uso consciente dos produtos. Por isso, já trouxemos aqui diversas dicas de como conservar suas roupas por mais tempo e, agora, queremos te ajudar no momento de decidir o que fazer com peças que não são mais do seu interesse! 

É inevitável uma peça sair de uso. Ela pode não servir mais; não fazer mais parte do que veste no dia a dia (é normal a mudança de estilo!); perder as propriedades originais (de cor, qualidade, tamanho etc.) pelo uso contínuo, ou ser esquecida em uma gaveta dentro do guarda-roupa. Todo produto tem um ciclo de vida! O ideal, nessas situações, é refletir sobre como descartar ou passar uma peça de roupa para frente, para que ela seja aproveitada por outras pessoas ou ganhe novas utilidades e novo valor. 

Confira abaixo o que fazer com peças de roupa quando você não as utiliza mais: 

1. Doe 

Essa é sempre a alternativa mais rápida e, na Internet, é possível pesquisar instituições que recebem este tipo de doação. O mais importante é lembrar que as roupas que serão doadas precisam estar em condições de uso e nunca como um “trapo velho”. Nesses casos, o ideal é passar para a opção número 2.

2. Encaminhe a Pontos de Entrega Voluntária 

Roupas sem condições de uso podem ser encaminhadas a Pontos de Coleta Voluntária (PEV) ou a Ecopontos da sua cidade. Locais como esses recolhem produtos com a intenção de incentivar a reciclagem desses materiais e recolocá-los no ciclo de produção. 

3. Transforme em retalhos e entregue à ateliês de costura 

Essa é mais uma opção para peças que estejam velhas. Se você conhece uma oficina de costura ou pessoas que trabalham no ramo, você pode contribuir com a produção doando os retalhos de suas peças para confecções diferenciadas. Além disso, existem diversas iniciativas sociais que também recebem esse tipo de material para a realização de ações com o público de comunidades carentes.  

4. Revenda em brechós e em sites de venda direta

Peças de qualidade podem ser revendidas em brechós e sites de venda direta. Existem várias opções online e você pode escolher a mais interessante, em termos de facilidade e procura do público. Dessa forma, você garante que sua peça entre para o mercado de peças usadas, incentivando o reaproveitamento, e consegue juntar um dinheirinho. 

5. Jamais jogue no lixo convencional! 

Assim, você evita os dois destinos mais convencionais e indesejáveis: lixões e/ou aterros sanitários. Lembre-se: fazer o produto desaparecer de vista não quer dizer que ele desaparecerá do planeta! Assim, procure praticar o descarte responsável e opte por uma das opções acima. 

Conhece outras alternativas? Compartilhe com a gente e deixe sua dica nos perfis online do Grupo! 

Comentários