• Pela 6ª vez, Malwee é a marca nacional líder do Índice de Transparência da Moda

    Pela 6ª vez, Malwee é a marca nacional líder do Índice de Transparência da Moda

    A Malwee mantém, pelo 6º ano consecutivo, a posição de marca brasileira com maior pontuação (68%) do Índice de Transparência da Moda Brasil (ITMB). Realizado pelo Instituto Fashion Revolution Brasil, este ano o levantamento analisou 60 das principais marcas e varejistas do mercado nacional, a partir de dados divulgados publicamente sobre suas políticas, práticas e impactos.

     

    Ao todo, o ITMB conta com mais de 250 indicadores diferentes, em temas como direitos humanos e da natureza, igualdade de gênero e racial e descarbonização. Esses indicadores, por sua vez, estão distribuídos em 5 grandes seções: políticas e compromissos; governança; rastreabilidade; conhecer, comunicar e resolver e tópicos em destaque.

     

    “O resultado reafirma nosso compromisso em liderar não apenas como uma marca, mas como uma força transformadora no cenário da moda. Acreditamos na importância de revelar a origem e o processo de fabricação de cada peça, permitindo que os consumidores tenham informações para definir suas escolhas. Estamos dedicados a impulsionar uma mudança positiva, guiando nossa indústria em direção a práticas mais sustentáveis e transparentes, sempre com a visão de um futuro onde a moda seja sinônimo de responsabilidade e harmonia com as pessoas e o planeta”, destaca a CEO do Grupo Malwee, Gabriela Cirne Lima. 

     

    Para o Instituto Fashion Revolution Brasil, em um ano que eventos climáticos extremos no Brasil alcançaram números históricos, comunicar sobre os reais impactos socioambientais da produção das nossas roupas é essencial. Embora haja um aumento na quantidade de marcas que divulgam sua pegada de carbono (45% das empresas divulgam as emissões de suas próprias instalações e 40% as emissões referentes a sua cadeia produtiva), os demais indicadores relacionados com a crise climática apresentaram pouco crescimento e se mantêm baixos.

     

    O Grupo Malwee, a qual a marca Malwee integra em seu Relatório de Sustentabilidade divulgado esse ano, a companhia apresentou entre suas metas, a redução de 50% das emissões de gases de efeito estufa em relação à 2019, marca que teve 32% a menos que no período anterior. A publicação completa pode ser acessada aqui

     

    Veja o ITMB completo AQUI!

  • Grupo Malwee recebe prêmio por programa Jovem Aprendiz

    Grupo Malwee recebe prêmio por programa Jovem Aprendiz

    O Grupo Malwee, uma das maiores empresas têxteis do Brasil, foi reconhecido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) – Seccional de Santa Catarina, na 13ª edição do Prêmio Ser Humano – SC. A premiação, que busca promover as melhores práticas em gestão de pessoas, destacou a companhia por sua abordagem inovadora de incorporar um programa social em sua estratégia organizacional. 

     

    Essa é a 4ª vez que a companhia é certificada por suas práticas internas. Neste ano,  a certificação ocorreu com o case “Como um programa social pode estar na estratégia organizacional”, destacando a iniciativa do Jovem Aprendiz. O projeto foi desenvolvido pelas colaboradoras do Grupo Malwee: Mariana Cardoso Bezerra, Emanuele Aparecida Rodrigues, Gizele Aparecida Ronczka e Sirlei Sulanda Brigido Kamchen. 

     

    “Projetos como Jovem Aprendiz traduzem nosso propósito de ser uma empresa de moda movida por relações duradouras e que enxergamos o mundo através do impacto positivo que geramos. Temos muito orgulho de todos que já passaram pelo nosso programa focado na capacitação profissional e na entrada no mercado de trabalho. Com certeza, deixamos uma contribuição muito relevante para estes jovens profissionais, seja integrando-os aos times de colaboradores do Grupo Malwee ou mesmo preparando-os para o mercado de trabalho”, afirma a gerente de DHO, Sirlei Sulanda Brigido Kamchen.

     

    Esse ano, o Grupo Malwee disponibilizou 130 vagas para o Jovem Aprendiz de 2024, para candidatos e candidatas residentes de Jaraguá do Sul. Em mais de 23 anos de programa, o Grupo Malwee já capacitou mais de 3 mil pessoas com o Jovem Aprendiz.

  • Grupo Malwee participa de guia inédito para redução das emissões de carbono

    Grupo Malwee participa de guia inédito para redução das emissões de carbono

    Com o objetivo de orientar a indústria têxtil sobre os primeiros passos para a redução das emissões de gases de efeito estufa, foi lançado no início de novembro:  ‘Moda e Clima: um guia para medição e inventário de Gases de Efeito Estufa’. A publicação tem o apoio do Grupo Malwee e é uma iniciativa conjunta da ABVTEX, ABIT e do SENAI CETIQT e foi anunciada ao mercado na sessão especial “Aliança pela descarbonização na moda”, durante o Congresso da ABIT, em Florianópolis.

     

    A publicação é resultado de ações de capacitação profissional, com seis módulos dirigidos a fabricantes e varejistas, abordando os principais conceitos, instrumentos e protocolos para apoiar as empresas na construção de inventários de gases de efeito estufa emitidos pelo setor.

     

    O Grupo Malwee participou de encontros mensais ao longo do ano, compartilhando suas experiências, desafios e boas práticas em cada etapa do processo de produção do inventário de Gases de Efeito Estufa e mitigação de efeitos.

     

    Com uma agenda ESG consolidada, a companhia possui entre suas metas a redução de 50% das emissões de gases de efeito estufa em relação a 2019, marca que teve 32% a menos que no período anterior, de acordo com o Relatório de Sustentabilidade divulgado esse ano. O documento completo pode ser acessado aqui.

     

    O Guia traz capítulos específicos para o varejo e a indústria e aborda os principais conceitos, instrumentos e protocolos para apoiar as empresas na construção de inventários de gases de efeito estufa emitidos pelo setor. Também apresenta relatos de experiências e aprendizados para inspirar e servir de base para o início de uma jornada de descarbonização da cadeia de valor da moda.

     

  • Grupo Malwee abre 150 vagas para Programa Jovem Aprendiz 2024

    Grupo Malwee abre 150 vagas para Programa Jovem Aprendiz 2024

    Entre os dias 18 e 25 de outubro, o Grupo Malwee estará recebendo inscrições para o Programa Jovem Aprendiz 2024, oferecendo oportunidade para quem tenha interesse em ter sua primeira experiência no mercado de trabalho. Com foco no desenvolvimento profissional e educacional, a iniciativa disponibilizará 150 vagas em diversas áreas. 

     

    Para se candidatar, é necessário ter entre 16 e 20 anos, residir em Jaraguá do Sul (SC), estar matriculado e frequentando o Ensino Médio, ou ter concluído o mesmo. Além disso, deve ter disponibilidade para cumprir a carga horária de acordo com o curso escolhido no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e parte prática no Grupo Malwee. E ainda, não ter participado do Programa de Aprendizagem da companhia em anos anteriores. A empresa incentiva a candidatura de jovens em situação de vulnerabilidade social e indicação de colaboradores.

     

    As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site jovemaprendiz.malwee.com.br. Os candidatos e as candidatas devem gravar um vídeo de apresentação de três minutos com base nas perguntas do formulário de inscrição.

     

    Jovens classificados serão convocados por meio do site oficial. O resultado, previsto para 30 de outubro, incluirá informações sobre procedimentos e datas para comparecimento à empresa. Os documentos necessários para a contratação incluem carteira de trabalho, número do PIS, RG, CPF, comprovante de residência, atestado de frequência do ensino médio, entre outros.

     

    Classificação

    Os candidatos serão classificados com base em critérios como Ensino Médio completo ou cursando, idade entre 16 e 20 anos, desempenho acadêmico (média 7), residência em Jaraguá do Sul e boa desenvoltura na apresentação em vídeo. Em caso de empate, a preferência será dada ao candidato com melhores notas no boletim escolar, vínculos com parceiros do Grupo Malwee e aqueles que realizaram primeiro a inscrição via site Jovem Aprendiz.

     

    Inscrições do Programa Jovem Aprendiz Grupo Malwee

    Quando: Entre 18 e 25 de outubro

    Onde: Pelo site jovemaprendiz.malwee.com.br

    Quem pode se inscrever: Jovens entre 16 e 20 anos

  • Grupo Malwee impulsiona transformação digital e está com diversas oportunidades para profissionais de TI

    Grupo Malwee impulsiona transformação digital e está com diversas oportunidades para profissionais de TI

    Com foco na sua transformação digital, o Grupo Malwee anuncia a abertura de diversas oportunidades de emprego presenciais ou remotas, em diversas áreas técnicas como analista de dados e sistemas e desenvolvimento, gerente de segurança da informação, coordenador de sistemas de TI, entre outros. 

     

    As contratações fazem parte de um passo significativo na estratégia de crescimento da companhia, que busca manter-se na vanguarda da inovação. O processo de transformação digital da empresa é bastante robusto, com previsão de ações para os próximos 5 anos e, com objetivo de oferecer uma melhor experiência aos clientes.

     

    “A inovação tem sido uma aliada fundamental para o nosso negócio, pois estamos sempre buscando formas diferentes de produzir roupas gerando o menor impacto ambiental possível. Essa dedicação, por mais desafiadora que seja, já nos possibilitou sermos pioneiros em apresentar ao mercado produtos que se tornaram cases de sucesso como, por exemplo, o jeans feito com um copo d’água e o fio do futuro, matéria-prima produzida a partir de roupas usadas que seriam descartadas”,  destaca o gerente de omnichannel, Luciano André Baramarchi.

     

    O Grupo Malwee, ao longo dos anos tem se destacado no ecossistema brasileiro, sendo reconhecida como a empresa do setor têxtil que mais pratica inovação aberta com startups no Brasil, pelo ranking TOP 5 Indústria e Varejo da Moda do OPEN CORPS. E buscando manter a empresa na vanguarda da inovação.

     

    São mais de 20 oportunidades, com início imediato e remuneração superior ao mercado.

    Para se candidatar às vagas, os interessados podem acessar o site (grupomalwee.pandape.infojobs.com.br) e verificar os requisitos de cada posição. Todas as oportunidades do Grupo Malwee são destinadas para pessoas com deficiência. 

  • Malwee Kids lança linha exclusiva para bebês

    Malwee Kids lança linha exclusiva para bebês

    Uma moda consciente, prática, e que permita que as crianças possam se desenvolver com liberdade e segurança. Esses foram os principais pilares que a Malwee Kids, marca infantil do Grupo Malwee, utilizou como norte na criação da linha Bebê Malwee Kids, a primeira focada exclusivamente no primeiro ano de vida, com roupas para crianças de 0 a 12 meses. A iniciativa de ampliar o portfólio veio através de pesquisas de mercado, além dos próprios clientes, que trouxeram necessidades específicas do dia a dia com as roupas dos bebês. A marca prevê um faturamento inicial acima de R$11 milhões com o lançamento da primeira coleção da linha. 

     

    Assim, a Malwee Kids trouxe uma coleção que busca oferecer soluções de diferentes formas, focando, principalmente, no conforto, na vestibilidade, e na praticidade para cuidadores, sejam mãe, pai, babá, avós, tios, entre outros.

     

    Verificamos uma oportunidade de mercado que poderia receber uma atenção mais especial da Malwee Kids. Além disso, trazer uma linha como a Bebê Malwee Kids faz sentido para o propósito da marca – Roupa Pra Crescer Feliz – e para isso nos dedicamos a entregar soluções em produtos e serviços, nessa fase tão especial, que são os primeiros anos de vida de uma criança. Queremos participar do seu desenvolvimento desde o nascimento, com peças com alta durabilidade e que passam de geração em geração”, afirma Anay Zaffalon, Diretora Executiva de Negócios do Grupo Malwee.

     

    Detalhes que fazem a diferença na vida da família

    Na coleção, os destaques são as matérias-primas selecionadas, em sua maioria em algodão, para maior conforto do bebê; incluindo modelagens pensadas para ir além, facilitando a movimentação da criança, que está em constante mudança no primeiro ano de vida. Para os cuidadores, a praticidade sai na frente, com botões estratégicos e zíperes, que fazem com que as peças sejam mais fáceis de vestir. 

     

    Kits com trio de bodies, kits com trio de calças, vestidos com bodies ou tapa-fralda, conjuntos, casacos e macacões variados, sejam com ou sem pezinho, além do pezinho reversível, compõem a nova linha, que também vem com cores fáceis de combinar, algo que está no DNA da Malwee Kids. As peças estarão disponíveis em conjunto e também separadamente.

     

    “Para a Malwee Kids, a nova linha traz também um olhar de expansão de negócio, uma vez que, no Brasil, de acordo com o IEMI, quanto ao segmento infantil e bebê, que responde por 23% da produção total de vestuário, a estimativa é que o volume fabricado deve ultrapassar a marca de 1,2 bilhão de peças. Então, faz sentido expandir por esse caminho, pois queremos participar da vida da criança desde a barriga da mãe, estando sempre ao lado da família inteira em todos os momentos de suas vidas e por muito tempo”, finaliza a executiva.

  • Grupo Malwee lança GRI e detalha avanços em ESG

    Grupo Malwee lança GRI e detalha avanços em ESG

    Pelo 9º ano consecutivo, o Grupo Malwee lança seu Relatório de Sustentabilidade, documento onde a empresa apresenta os desafios, os resultados e as realizações de 2022. A iniciativa integra as práticas que visam a transparência com relação a todos os públicos que a marca se relaciona, sempre buscando desenvolver uma moda ética e sustentável que seja acessível a todas as pessoas, negócios e para o planeta, de acordo com as diretrizes do Global Reporting Initiative (GRI). O documento pode ser acessado aqui.

     

    O levantamento mostra como a empresa, que acaba de completar 55 anos, faz moda de forma ética e sustentável, como afirma o CEO do Grupo Malwee, Guilherme Weege:

    “Para nós, o modelo “extrair, usar, descartar” não se encaixa em um mundo que vive emergências climáticas e humanitárias. Precisamos desafiar o modelo de criar produtos que já nascem para se tornarem obsoletos. Além do problema do descarte, essa lógica nos traz a sensação de que sempre há uma novidade melhor do que a última. É importante nos dedicarmos a construir uma moda sem ansiedade, que nos permita expressar nossa personalidade de forma genuína e que nos ajude a viver o nosso melhor”. 

     

    Ainda de acordo com Weege, 2022 foi o primeiro ano de execução do Plano ESG 2030.

     

    “O Grupo Malwee avançou em metas de redução de emissão de gases de efeito estufa, de consumo de água por peça produzida, além de quase eliminar o uso de plástico virgem nas embalagens dos produtos. Comemoramos esses números, pois mostra o comprometimento da nossa equipe e da nossa empresa com o futuro do planeta”, ressalta.

     

    O compromisso da empresa traz, entre suas metas, a redução de 50% das emissões de gases de efeito estufa em relação à 2019, marca que teve 32% a menos que no período anterior. Outro ponto em destaque é a redução do consumo de água por peça produzida, se comparado com 2021, houve a diminuição de 5,46%. Fato que evidencia o quanto os cuidados com os recursos hídricos são importantes para a companhia e determinantes para as tomadas de decisões da empresa. Quando avaliados os efluentes, é possível perceber que dos mais de 770 mil m³ tratados, quase 131 mil m³ foram reutilizados no processo fabril, maior quantidade de água de reúso utilizado nos processos desde 2020, o que demonstra a efetividade do sistema de recuperação de água desenvolvido pelo Grupo.

     

    Questões importantes como a fabricação por meio de um processo com menor impacto ambiental alcançaram 89% dos produtos produzidos. Ao mesmo tempo, a empresa alcançou quase a eliminação total do uso do plástico virgem nas sacolas das lojas, sendo que o uso de sacolas de papel representaram 93,63% nas lojas do grupo, o que significa 38% a mais do que o montante usado em 2021. Além disso, em 2022, todos os sacos utilizados para embalar os produtos foram produzidos com plástico reciclado, ao todo foram 99,98% ou ainda, de papel (0,02%), eliminando o uso de sacos de plástico virgem. 

     

    Destaca-se, ainda, o pioneirismo no processo de desfibragem e fiação, por meio de uma parceria com Grupo EuroFios, Repassa e a Cruz Vermelha, que resultou no Fio do Futuro, feito a partir de roupas que seriam descartadas em lixões. Na sua primeira versão, o insumo foi feito com 70% de peças usadas e 30% de fibra complementar. O impacto ambiental desta matéria-prima representa redução de 44% nas emissões de CO2, além de consumir 30% menos água. Neste ano, houve uma evolução na matéria-prima, que passou a contar com 85% de roupas usadas e 15% de fibra complementar.

     

    Quanto à garantia das condições dignas de trabalho, o Grupo Malwee adota políticas rígidas tanto internas quanto para com seus fornecedores e prestadores de serviço. Conforme mostra o relatório, 77,2% dos fornecedores críticos (que oferecem riscos de violação dos direitos) foram acompanhados pelo Programa de Controle da Cadeia de Fornecedores. A iniciativa prevê a assinatura do Código de Ética do Fornecedor, a certificação ABVTEX, a realização de auditorias internas anuais, inspeções mensais e controle de documentação relacionadas aos direitos trabalhistas.

     

    A equidade de gênero é considerada fator fundamental na empresa. Tanto que, em 2022, 66,42% do quadro de colabores era de mulheres. Houve um aumento expressivo da presença delas em cargos de liderança. O conselho de administração, a diretoria e a gerência registraram um aumento de 64,06% da participação feminina nos últimos anos. Entre as diretorias, o salto foi de 16% em 2021 para 33,33% em 2022.

  • Ao comemorar 55 anos, Grupo Malwee inaugura loja no Parque Malwee

    Ao comemorar 55 anos, Grupo Malwee inaugura loja no Parque Malwee

    Reforçar os laços do Grupo Malwee com Jaraguá do Sul (SC) e a sua história com a cidade. Este é o objetivo da companhia, ao inaugurar a sua primeira loja modular da rede Aqui Tem Malwee (ATM), no Parque Malwee, sendo a segunda unidade na cidade.

     

    O ponto turístico, que chega a receber mais de 200 mil visitantes por ano, faz parte do legado da companhia e do seu propósito de estabelecer relações duradouras com as pessoas, o negócio e o planeta. A ação faz parte das comemorações dos 55 anos de fundação do Grupo Malwee, celebrado em 4 de julho.

    “A responsabilidade socioambiental está no DNA do nosso negócio desde a sua fundação. Meu avô, Wolfgang Weege, tinha um espírito empreendedor e altruísta e, foi dele a ideia de criar um parque em Jaraguá do Sul, como um símbolo do compromisso da empresa com a comunidade. Entendemos que já era hora de termos uma representação à altura de tudo que criamos dentro de um espaço icônico na nossa história e, que ao mesmo tempo, fosse um presente para a comunidade e demais pessoas que visitam o atrativo”, destaca o CEO do Grupo Malwee, Guilherme Weege.

    A ATM traz ao mercado varejista um novo modelo de negócio, oferecendo um mix de produtos das marcas Malwee, Malwee Kids, Enfim e Carinhoso. A companhia prevê a abertura de mais dez lojas neste formato ainda em 2023.

    “A intenção é que este seja um modelo replicado no restante do país, com baixo investimento e de rápida execução”, complementa Weege.

    Além das peças de vestuário, a loja Aqui Tem Malwee também oferecerá souvenirs do Parque e do Pico Malwee.

  • Malwee lança coleção em parceria com o WWF-Brasil

    Malwee lança coleção em parceria com o WWF-Brasil

    Reconhecida pelo seu trabalho em prol da moda consciente e sustentável, a Malwee – marca de moda brasileira do Grupo Malwee – firma parceria com o WWF-Brasil e lança a coleção ‘Conectado no Planeta’, com o objetivo de chamar a atenção para espécies ameaçadas pela destruição da natureza. Os animais escolhidos para estampar as peças foram o lobo-guará e onça-pintada, além do panda gigante, símbolo da organização dedicada à conservação da vida e que está no Brasil desde 1996. 

     

    A parceria traz peças atemporais confeccionadas a partir de matérias-primas que geram menos impacto no meio ambiente; com modelagens confortáveis e estampas artísticas dos animais em aquarela. As camisetas foram feitas em meia malha em algodão orgânico, cujo consumo de água é menor e polui menos o solo durante o cultivo da fibra. Parte do moletom foi produzido com algodão reciclado, que diminui o descarte de resíduos na natureza. Ao todo, o mix conta com 20 peças, compreendendo também o público infantil, com itens da Malwee Kids. A coleção já está à venda no e-commerce, lojas multimarcas e nas lojas da rede Aqui Tem Malwee em todo o Brasil.

     

    A parceria com o WWF-Brasil é mais uma iniciativa que reafirma nosso compromisso com uma moda sem ansiedade e cada vez mais consciente. Com esta coleção, queremos dar luz para a questão dos animais que têm suas vidas ameaçadas, algo que está diretamente ligado ao cuidado com o meio ambiente. Sabemos que os impactos da indústria da moda ao planeta são bastante severos, por isso é imprescindível entender que, além de investir em tecnologias para diminuir os resíduos e descartes, precisamos nos unir e fazer parcerias com organizações, como o WWF-Brasil, que tenham como objetivo encontrar soluções para que as pessoas e a natureza possam viver em equilíbrio“, afirma Renato Martins, Gerente de Projetos ESG e Comunicação Institucional do Grupo Malwee.

     

    ESG na prática: Novos critérios para o consumidor do futuro

     

    Renato destaca que os debates sobre assuntos que envolvem sustentabilidade estão incentivando os consumidores a pensar criticamente sobre suas compras e avaliar suas necessidades reais, fora as questões mais ligadas às práticas trabalhistas e sustentáveis. Nos próximos anos, segundo um relatório da Saxo, empresa especialista em tecnologia financeira e investimentos, mais de um terço da Geração Z não irão comprar itens de marcas que não sejam ecologicamente corretas ou não prezem pela igualdade e diversidade. Além disso, 51% disseram que a sustentabilidade ambiental, o comércio ético e transparente de uma marca se tornaram um fator importante na forma como compram roupas, acessórios e sapatos, nos últimos 12 meses. 

     

    Desta forma, a coleção chega para incentivar o diálogo sobre as ações mais proativas para o bem da fauna e flora nacionais. Mesmo com inúmeras iniciativas para preservação ambiental, a lista de espécies em risco não diminui. É o que aponta o último relatório feito pelos especialistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, cuja conclusão diz que o Brasil tem 1.249 espécies de animais ameaçadas, entre eles o mico-leão dourado, o pica-pau-amarelo, além da onça-pintada e o lobo-guará.

    “A crise climática é acompanhada pela perda da biodiversidade em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Isso significa que, se a gente não cuidar do planeta em que vivemos, algumas espécies podem desaparecer, impactando todo um ecossistema. Por isso, toda ação que vise reduzir os impactos no planeta e aumentar a conscientização e a conservação de espécies ameaçadas é bem-vinda”, avalia Felipe Feliciani,  analista de Conservação do WWF-Brasil.

     

    Com a missão de construir um futuro em que as pessoas vivam em harmonia com a natureza, conservando a diversidade biológica mundial, assegurando que o uso de recursos naturais renováveis seja sustentável, e promovendo a redução da poluição e do desperdício, o WWF-Brasil quer se conectar com as pessoas e marcas, para inspirar mudanças positivas. 

    “Há urgência em mudar nosso jeito de viver de maneira sistêmica – empresas aumentando a oferta de produtos que respeitem a vida das pessoas e da natureza, e nós aumentando nossas escolhas seguindo esse compromisso. Menos coisas, mais coerentes com o que acreditamos”, finaliza Gabriela Yamaguchi, Diretora de Cidadania Ativa, Educação e Expansão da Causa do WWF-Brasil.

  • Malwee Kids embarca no universo de A Pequena Sereia

    Malwee Kids embarca no universo de A Pequena Sereia

    Roupas com personagens são sempre um grande marco na vida das crianças, especialmente quando elas se veem representadas. A Malwee Kids – marca de moda infantil do Grupo Malwee – escolheu o universo do live-action de A Pequena Sereia para ser o destaque de sua nova coleção-cápsula, que está disponível para venda desde 18 de maio.

     

    O filme, que é estrelado pela atriz e cantora Halle Bailey e estreou nos cinemas brasileiros em 25 de maio, trazendo uma atualização da narrativa de uma Princesa determinada e curiosa, ponto que serviu como principal inspiração para o time de criação da Malwee Kids, as 10 peças também levaram em consideração a nova abordagem do longa sobre representatividade, diversidade, inclusão e o empoderamento de meninas e mulheres no trabalho de estamparia.

     

    “A nossa parceria com a Disney já ultrapassa os 20 anos, e, quando iniciaram a surgir as informações do novo live-action, começamos a conversar sobre o lançamento, atores, diretores, além e recebermos as primeiras imagens dessa nova produção. Ficamos encantados com a narrativa, com a representatividade e diversidade, e a forma como trouxeram o desenho de 1989 para a ‘vida real’, em um mundo colorido com elementos lindos, mantendo o título de A Pequena Sereia como desejo para crianças de todas as idades”, explica Ivo de Brito, Coordenador de Conteúdo no Grupo Malwee.

     

    Após análises de relatórios de tendências de Primavera 2023, feitos por veículos de pesquisas importantes, a Malwee Kids definiu uma cartela de cores atual e vibrante, com destaque para tons como o rosa, o azul escuro, o roxo e o verde esmeralda, para a grade de estampas, incluindo sempre os personagens e elementos Disney. Nos ícones, as calças, camisetas, shorts, blusas, vestidos e macacões surgem com estrelas-do-mar, conchas, corais, algas marinhas, e muitas sereias.

     

    A coleção-cápsula é feita com matérias-primas mais direcionadas para o frio, como o moletom flanelado, e para o calor, como a viscose. Além desses tecidos, a marca trabalhou com cotton light e meia malha, estratégia que pretende atender a todas as regiões do Brasil e seus respectivos climas.