O Grupo Malwee ganhou mais um reconhecimento internacional por seus processos produtivos sustentáveis. A companhia recebeu a premiação na categoria Sustentabilidade e Inovação, do ITMF Awards 2022, que ocorreu pela primeira vez, durante a Conferência Anual da Federação Internacional de Fabricantes Têxteis (ITMF), co-organizado pela Swiss Textiles e Swiss Textile Machinery. Única empresa brasileira contemplada, o Grupo Malwee recebeu o título pelo seu case do jeans mais sustentável do Brasil, com o Lab Malwee Jeans.

 

Com investimento de R$ 9 milhões de reais, a moderna lavanderia com tecnologia 5.0 é única na América Latina e é capaz de produzir jeans com economia de até 98% de água e sem produtos químicos nocivos ao ser humano e ao meio ambiente.

 

Ao contrário do modo tradicional de produzir o jeans, no qual muitos processos químicos utilizam água para obter os efeitos de lavagem, puídos e rasgos na peça, no Lab Malwee Jeans esses efeitos são produzidos com laser e nanotecnologia. Eles são desenhados em um software e aplicados por um equipamento de alta precisão. Os feixes de laser, nessa fase do processo, substituem grande parte da água e os químicos nocivos, que seriam utilizados num processo convencional.

 

A premiação concedida pelo ITMF de Sustentabilidade e Inovação tem como objetivo reconhecer conquistas sustentáveis e inovadoras na indústria têxtil com foco em inovação, design, desenvolvimento e produção sob os mais rígidos padrões de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.

 

Também foram reconhecidas nesta categoria as empresas Cathay Biotech Inc. com Donghua University (China); Corporação do Novo Século do Extremo Oriente (Taipei Chinesa); Gama Recycle Sustainable Technologies Inc. (Turquia); Lenzing AG (Áustria); Grupo Mahmood (Paquistão); PSG College of Technology (Índia); Recupere – Moda Circular para Todos (Espanha); Sedo Engenharia (Suíça); e o Instituto de Pesquisa de Têxteis e Vestuário de Hong Kong (Hong Kong, China).